Presidente da Petrobras pede demissão apos crise

pedro-parente-carta-demissao

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, pediu demissão na manhã desta sexta-feira (1º). Ainda de acordo com o comunicado, a diretoria executiva da companhia não sofrerá qualquer alteração.

Parente ficou exatamente dois anos no comando da Petrobras, já que tomou posse no dia 1º de junho de 2016.

Leia a íntegra do Fato Relevante da Petrobras, enviado ao mercado:

Fato Relevante- Mudança na Administração

01/06/2018

Rio de Janeiro, 1º de junho de 2018 – Petróleo Brasileiro S.A – A Petrobras informa que o senhor Pedro Parente pediu demissão do cargo de presidente da empresa na manhã de hoje. A nomeação de um CEO interino será examinada pelo Conselho de Administração da Petrobras ao longo do dia de hoje. A composição dos demais membros da diretoria executiva da companhia não sofrerá qualquer alteração.

Fatos considerados relevantes serão prontamente comunicados ao mercado.

De acordo com comunicado da estatal, a nomeação de um CEO interino será examinada ao longo do dia pelo Conselho de Administração.

Fonte: Clube noticias

Comentários no Facebook