Lenno Oliveira

Colunista

Diretor executivo na empresa Portal O Guia

Jonas Moura “O Antagonista”

Qual a realidade em Água Branca?

A pandemia trouxe consigo uma série de desafios e situações difíceis a serem enfrentadas em todo o mundo, não seria diferente em Água Branca. Cidade exemplo na microrregião do Médio Parnaíba,  de economia forte e voltada para o comércio local, assim como na saúde, contando com um Hospital reformado e ampliado, onde foram gastos em torno de 8 Milhões de Reais. A Capital do Médio Parnaíba seria a cidade modelo na área da saúde da região, mas não é assim que acontece.

O colapso na saúde municipal está tentando ser disfarçado com diversas notícias na mídia. Enquanto o Gestor Municipal mostra que o Hospital Senador Dirceu Mendes Arcoverde têm a maior e melhor estrutura física  na região, esconde a falta de materiais e equipamentos. Muitos se perguntam, por que uma estrutura tão grande se o município sofre por falta de Médicos Especialistas e não tem uma UTI? E o que falar de um aparelho de Mamografia que está lá largado há 7 anos? Talvez esteja até obsoleto.

Matérias em sites da Prefeitura Municipal anunciam a entrega de equipamentos no Hospital, mas que acaba tornando nossa cidade motivo de piada. Imaginem a notícia que chegou ao hospital ventiladores e outros materiais de escritório no período da pandemia, o que até parece uma boa notícia para o combate ao COVID -19, pois Ventiladores Mecânicos são essenciais para conter as crises respiratórias de muitos enfermos. Porém, esta entrega se refere a ventiladores normais, pelo menos vai amenizar o calor.

Mas o antagonismo em Água Branca é tão grande, que enquanto atingimos os piores índices do Piauí em relação ao combate ao Corona vírus, o Prefeito, e também Presidente da APPM, pede para seus funcionários saírem jogando na rede um Voto de Louvor, onde desembargadores o agradecem pelo esforço realizado na Pandemia.

Isso é, no mínimo, ridículo. Todos sabem que suas ações estão sendo tardias e sem transparência, o que é comprovado com os números;

  • Segundo Lugar Geral no Piauí em Taxa de Incidência do Vírus (49,39), só perde para Cocal de Telha (53,16), mas deve superar até o fim de semana;
  • Terceira Cidade com mais Óbitos(06) no Estado, só perdendo para Parnaíba (07) e Teresina (66);
  • Sexto lugar absoluto na quantidade de infectados (86 casos), na frente de cidades como Piripiri (69) e Floriano (68).

Levando em consideração o tamanho das cidades e os dados coletados, temos a certeza absoluta que Água Branca é a pior cidade no combate a COVID – 19 no Estado do Piauí. O sentimento é de irresponsabilidade do Poder Público Municipal e de vergonha, por ser destaque de notícias ruins.

Comentários no Facebook