Lenno Oliveira

Colunista

Diretor executivo na empresa Portal O Guia

Farra dos Comissionados

Água Branca e a folha de pagamento durante a Pandemia.

Estamos vivendo uma crise sem precedentes, a situação da saúde pública do Brasil é crítica, principalmente no estado do Piauí, os dados nos assustam, a sensação de insegurança é coletiva, milhares perdem seus empregos, enquanto vários tem suas vidas ceifadas por esse inimigo invisível que tem nos aterrorizado. Tendo em vista todo esse contexto de mazelas, espera-se que os nossos líderes se empenhem em buscar soluções e paliativos para a população conseguir resistir e sobreviver em meio a essa crise. Porém, não é essa a realidade que vivemos, enquanto os estômagos de nossos munícipes urgem de desespero por alimento e Água Branca conta com mais de 30 casos confirmados e 05 ÓBITOS pelo Coronavírus, a gestão municipal insiste em desviar verbas em função de pura politicagem e benefício pessoal, desonrando o cargo que lhe foi confiado pela população.

A existência de cargos comissionados e gratificações são formas de melhorar e recompensar o serviço público, e não uma moeda de troca de favores como está sendo usada na cidade de Água Branca. A prefeitura está revertendo um dinheiro que deveria estar sendo usado em benefício da população para pagar tais gratificações a funcionários que não estão sequer em exercício pleno de seus cargos durante a pandemia, como é o caso por exemplo da Secretaria de Esportes, que está totalmente parada as atividades, mas seu atual Secretário Cipriano Faustino recebeu R$ 4.557,50 sendo que o salário base dos Secretários é de R$ 3.300,00. Outro caso interessante é a Secretaria de Meio Ambiente, que após 5 meses sem secretário, durante a pandemia a Prefeitura contratou a atual Secretária Mariana Almeida do Nascimento, em função do apoio político de sua mãe, que é pré candidata à vereadora para as Eleições de 2020 do lado do Prefeito. E no caso da Secretaria de Assistência Social, que a Ex Secretária Danielly de Sousa Lima, saiu para ser pré candidata a vereadora e no seu lugar assumiu o marido, agora Secretário Ramon Rodrigues de Sousa. É revoltante perceber que esse não é um caso isolado, mas é uma realidade de praticamente todas as Secretarias Municipais, não só de Água Branca como de todo o país, que é de fato uma farra com o dinheiro público.

Enquanto isso, em Água Branca, o desrespeito é tão grande por causa de acordos políticos, que vários secretários estão tendo bonificação nos seus salários, mas a Secretaria mais atuante em meio a todo esse caos causado pelo COVID – 19, que é a Secretaria de Saúde, seu Secretário Devid Willames Leal Perfeito segue sem bonificações. O abandono é inexplicável e quem paga a conta é o povo, paga a conta adoecendo, financiando tais regalias através dos impostos e de tantas outras formas. Até quando, vamos aceitar isso?

Segue em anexo, os pagamentos dos Secretários Municipais de Água Branca no MÊS DE ABRIL, apenas alguns que são contratados através de Cargos Comissionados, mas acesse o link abaixo para ter acesso a todos os funcionários:

http://www.aguabranca.pi.gov.br/aguabranca/servidores

 

 

Comentários no Facebook